Sábado, 12 de Setembro de 2009

Como Colocar Downloads de Livros no Blog

Veja como colocar livros para download no seu blog é fácil. Se você tem um blog e quer disponibilizar livros para download aos seus visitantes você tem várias formas de o fazer:

Se você tiver os livros em formato PDF, então basta fazer upload do ficheiro para um servidor online que aceite partilha de ficheiros (Rapidshare por exemplo, mas há muitos outros), assim você fica com um link para o ficheiro, bastando colocar esse link de download no seu blog. Os visitantes clicam no link e baixam o livro.

Você pode até cobrar pelo livro, mas apenas faça isso se o livro for de sua autoria ou se tiver os direitos de revenda do livro (há quem ganhe muito dinheiro na Internet com a revenda de produtos digitais como livros em PDF).

Também pode colocar um link para os visitantes doarem algum dinheiro para o seu blog como agradecimento pelos óptimos livros que você está disponibilizando. Dica: para que isto funcione, você deverá realmente disponibilizar óptimos livros…

Outra opção de colocar livros para download no  blog é você usar links para outros blogs ou sites que sim ofereçam livros grátis para download. Você simplesmente copia o link para o post no outros blog que têm os livros e coloca esse link no seu post. Os visitantes clicam nele e vão para o post no outro blog onde está o livro e aí podem ler o post e fazer o download.

Você também pode copiar o link de download directo do livro no post do outro blog que o está disponibilizando mas se fizer isso, você deverá referir o blog do qual copiou o link e colocar um link para ele.

Estas dicas também funcionam para qualquer tipo de ficheiro que você queira colocar para download no blog, você pode colocar imagens, jogos, programas, músicas, etc.

Publicado no Blog Frases Para Rir - Por Sergio Alex às 21:30
link do post | comentar
partilhar
Sábado, 18 de Agosto de 2007

Como adicionar um relógio ao seu blog

Pode adicionar um relógio ao seu blog ou site usando um dos muitos disponíveis no site Clock Link. Para o adicionar vá à galeria de relógios, escolha uma categoria, e depois escolha o relógio que mais lhe agradar.



Clique no botão por baixo do relógio, "View html tag", depois leia os termos e condições na janela que aparece, clique em "Accept", e copie o código da janela seguinte. Depois é só colar esse código na área do blog onde quer que o relógio apareça.



Na janela de código há 2 tipos diferentes de código: um usa javascript, outro usa flash. Se o primeiro não funcionar, tente com o segundo. o aspecto do relógio será o mesmo. Há muitas categorias com tipos de relógios diferentes, como analógicos, animados, digitais, desportivos, etc. O site tem instruções que mostram como instalar o relógio em várias plataformas de blogs, como o blogger, por exemplo.



Para adicionar o relógio a um blog nos blogs SAPO, entre na sua área de administração do blog, vá a personalização intermédia, depois clique no separador Componentes e insira o código que copiou do Clock Link, numa das caixas. Active a posição correspondente, no separador de Posições do componente que tem o código do relógio, e guarde as alterações.



Se quiser também pode inseri-lo num post que escrever. Claro que assim, ele só irá aparecer nesse post.



No site, há ainda a opção de descarregar alguns relógios, para usar no desktop. Estes ficheiros vêm em pastas ZIP, que há que descompactar depois. Estes estão na categoria "Wallpaper".



Veja alguns exemplos de relógios que pode colocar no seu blog, retirados da categoriaAnalógicos:



clock4

Publicado no Blog Frases Para Rir - Por Sergio Alex às 16:11
link do post | comentar | ver comentários (2)
partilhar
Quarta-feira, 8 de Agosto de 2007

Criando banners e favicons...

 


imagem do banner do tecno blog Como o blog ainda está a começar a sua existência, há certos pormenores que vão sendo tratados a pouco e pouco.


Hoje criei o banner dele, para aquelas pessoas que preferem linkar usando banners, em vez de links de texto. Lá está ele, acabadinho de polir, na barra lateral.


 


Também criei o Favicon para ele. Para quem não sabe o favicon é o ícone dos blogs ou sites, que aparece nos favoritos, e ao lado do nome do blog, na barra de endereço do navegador, ou no separador/aba, para quem usar um navegador com separadores.


 


Ah, e também personalizei as cores das barras de scroll (as barras que se deslocam para percorrer a página, quando esta é maior do que o tamanho do ecrã), e vou dizer como fazer isso, mais á frente no texto.


 


Em relação ao favicon, como o SAPO ainda não tem, que eu saiba, uma opção na área de personalização, que permita inserir um favicon (o ideal seria apresentar vários ícones, para o utililzador escolher aquele que lhe agradasse mais, ou permitir escolher o endereço externo da imagem a usar, como se faz para escolher uma imagem de fundo, por exemplo), vou mostrar como inseri aqui o meu, para quem também quiser usar um favicon no seu blog do SAPO, e não souber como fazer.


 


 


Como usar um favicon nos blogs do SAPO:


 



  • criar uma imagem, ou usar alguma existente, de pequenas dimensões (máximo recomendado: 32x32 pixeis),

  • enviar a imagem para uma página que se tenha nas Homepages do SAPO (ou em qualquer outro lado),

  • ir à área de personalização intermédia, no blog onde se quer inserir o favicon,

  • escolher uma das caixas de componentes (pode usar-se uma que já tenha algum outro componente em uso),

  • inserir o código

    <head>
    <link REL="SHORTCUT ICON" HREF="http://endereço_completo_do_favicon">
    </head>



  • no separador Posições, activar a posição, se não estiver já activa

  • guardar alterações.


Actualizar a página do blog, e deverá aparecer já com o novo ícone.


 


Nota: como tudo nos blogs deve ser optimizado para permitir um uso o mais fácil possível para os utilizadores, e menores tempos de carregamento das páginas, etc., também se deve ter em atenção o tamanho do ficheiro da imagem a usar como favicon.


 


 


Como alterar as cores das barras de scroll:



  • repetir o processo anterior, e numa das caixas de componentes, inserir o código

    <STYLE>
    html {scrollbar-Face-color: #9E9E9E;
        scrollbar-highlight-color: #000000;
        scrollbar-shadow-color: #000000;
        scrollbar-3dlight-color: #9E9E9E;
        scrollbar-arrow-color: #000000;
        scrollbar-track-color: #FFFFFF;
        scrollbar-darkshadow-color: #000000;}
    </STYLE>




imagem do programa colorcop Nota: alterar os valores hexadecimais para as cores (o número após o símbolo cardinal), os que estão no código que mostrei, são os que usei. Um bom programinha gratuito, e que eu uso,  para trabalhar com códigos de cores é o Color Cop.


 


 


Explicação dos nomes de componente da barra:


 


   scrollbar-Face-color: a cor da face da barra


    scrollbar-highlight-color: borda esquerda e superior


    scrollbar-shadow-color: borda direita e inferior


    scrollbar-3dlight-color: rodeando a borda esquerda e inferior


    scrollbar-arrow-color: cor das setas nos 2 extremos


    scrollbar-track-color: cor da área por onde a barra se desloca


    scrollbar-darkshadow-color: rodeando a borda direita e inferior


 


 

Publicado no Blog Frases Para Rir - Por Sergio Alex às 18:14
link do post | comentar | ver comentários (6)
partilhar
Terça-feira, 7 de Agosto de 2007

Dicas para Fazer um Blog

 


sapo_blogs


 


Vou aqui iniciar uma secção de "pesquisados", que não são mais do que respostas minhas a pesquisas que foram feitas em motores de busca, e que retornaram o blog nos resultados da pesquisa, mas mostrando um resultado que não é o que a pessoa queria.


Apesar disso, ela clicou e entrou no blog, e esta é a minha forma de agradecer a visita. Além de que isto servirá, espero eu, para ajudar outras pessoas no futuro, que eventualmente pesquisem pelo mesmo assunto.


 


As minhas fontes actuais para este efeito serão  o "E-Referrer" (ao fundo da barra lateral), e o "eXtreme Tracker" (o ícone quadrado, azul,  na barra lateral).


 


Neste caso, a pesquisa foi por "dicas para fazer um blog", tendo aparecido entre os resultados, o meu post de há alguns dias atrás, com dicas para o Windows Vista.


 


Embora eu apenas tenha pouco mais de 1 ano de experiência nisto dos blogs, vou aqui deixar alguns conselhos que acho que podem ser seguidos sem efeitos negativos. A haver efeitos, serão positivos, creio. Se o leitor é um blogger experiente, possivelmente irá considerá-los ingénuos... isto se chegar sequer, a considerá-los... alguma coisa.


Tudo isto são coisas que eu faço,  tento fazer, ou espero vir a fazer no futuro (estou a pensar nas dicas nº4, e nº 28...) nos meus blogs.


 


Antes de começar, dizer que quem quiser criar um blog e não souber como, pode usar as ofertas gratuitas, para criação de blogs, por exemplo, do SAPO (onde está este blog), do BLOGGER, ou do WODPRESS.


Há muitos outros, mas estes, são, creio, os mais conhecidos. Não é necessário nenhum conhecimento de programação, HTML, etc. visto que todos têm vários modelos (templates) prontos a serem usados, e a escrita é como escrever no Bloco de Notas. É só fazer um registo, normalmente com um username, e password, escolher o template, e começar a escrever artigos.


 


 


Dicas para blogs


 



  1. usar titulos de artigos, que definam, ao máximo, aquilo de que trata o artigo (além de mostrar rápidamente ao leitor, o assunto daquilo que vai ler, ainda evita trazer leitores que depois de lerem o artigo, se sintam enganados)

  2. usar um nome para o blog, que defina claramente o(s) assunto(s) de que trata o blog

  3. usar imagens no blog, ainda que sejam só pequenos ícones aqui e ali

  4. ter um dominio próprio (isto custa dinheiro, mas traz prestigio, e passa a mensagem de que aquele blogger "está para ficar")

  5. corrigir os erros de gramática, ou de teclado, que possam surgir na escrita. O melhor é usar um corrector automático (os erros surgem sem darmos por isso, aposto que já cometi alguns neste texto)

  6. destacar os links de alguma forma, para que o visitante menos experiente saiba o que é "clicável"

  7. personalizar o aspecto do blog, mas sem exagerar

  8. não encher com blog com montes de efeitos, relógios, calendários, estrelas e florzinhas (excepção ao blog da Floribella...)

  9. limitar o uso de scripts, porque atrasam o carregamento da página, ou fazê-los carregar em último

  10. não usar janelas pop-up, daquelas que dizem, por exemplo, "bem-vindo ao blog!!!" (mas que obrigam o visitante a clicar nelas para as fechar, ou seja, é mais uma coisa em que ele tem de clicar!)

  11. NUNCA usar animações de introdução, daquelas que carregam antes de abrir a página principal, a não ser que se seja um Super-Blogger, a quem se suporte qualquer coisa que faça (algumas demoram séculos a carregar, e muitas pessoas nem chegam a clicar no botão "skip animation", fechando a janela, e abrindo outra página qualquer que queiram ver)

  12. dar atenção à cores usadas no texto, e em fundo (já vi blogs em que só seleccionando o texto com o rato, se conseguia ler)

  13. dar atenção ao tamanho (de ficheiro) das imagens inseridas nos artigos, visto que isso infuencia bastante o tempo de carregamento das páginas, sobretudo em ligações lentas (eu passo todas as imagens que publico aqui, pelo programa XAT Image Optimizer)

  14. dar atenção aos formatos de imagem usados (PNG para imagens com texto, por exemplo)

  15. usar um programa que permita escrever e editar os artigos "off-line", sobretudo no caso de ligações lentas (eu uso o Windows Live Writer)

  16. usar programas ou serviços que permitam seguir as estatísticas, e evolução (ou não...) do blog

  17. seguir as estatísticas dos feeds (número de subscritores, sobretudo), por exemplo com o Feed Burner (coloquei aqui um feed do Feed Burner, mas parece ter problemas com os artigos escritos com o Windows Live Writer, devido ao código gerado por este)

  18. no caso de usar anúncios, não os colocar de modo a prejudicar o visionamento dos conteúdos (artigos) do blog, que é, afinal, o que o visitante quer ver (isto é capaz de não agradar aos especialistas de publicidade, mas é a minha opinião)

  19. ao usar os anúncios do Google Adsense, usar as mesmas cores que se usam no blog, sobretudo nos links (isto é algo que tenho visto, repetidamente, em vários blogs que falam do assunto, como um bom modo de obter cliques)

  20. não "enganar" o leitor, por exemplo, fazendo-o o clicar num anúncio que parece ser um link para um artigo do blog (um leitor que se sinta enganado, dificilmente voltará a "pôr os pés" no blog...)

  21. interagir com outros bloggers, por exemplo deixando comentários nos blogs deles (além de se aprender sempre algo no outro blog, normalmente os comentários são retribuídos, e ainda fica lá o nosso link...)

  22. responder aos comentários deixados no blog

  23. linkar blogs que se considerem interessantes, sobretudo os que tratam dos mesmos assuntos (além de divulgar os blogs, normalmente os links são retribuídos)

  24. usar links, muitos links por todo o lado: no texto do artigo, nas colunas laterais dos blogs, no bolso da camisa...

  25. escrever por gosto e não por obrigação (isto inclui não criar blogs apenas para ganhar dinheiro)

  26. se for uma pessoa criativa em termos de criação ou edição de imagens, etc, invista esse dom no blog (uma imagem vale por mil palavras, e um blog com um aspecto gráfico bom e original cativa os visitantes, mesmo se tiver pouco conteúdo)

  27. escrever novos artigos frequentemente, (opção: publicá-los sempre à mesma hora, isto fideliza os alguns leitores)

  28. divulgar o blog, mas sem ser chato (uma boa forma é através da criação de passatempos ou concursos com prémios para os leitores)

  29. incentivar a participação dos leitores, no blog, através de comentários, ou de outras formas (sugestões para o e-mail, etc)

  30. criar uma imagem própria (personalidade do blogger), e mantê-la

  31. usar o mesmo Nome, ou Alias (nick) nos comentários, ou participações em outros blogs, etc (isto ajuda a criar uma "identidade virtual" da pessoa)

  32. criar um estilo de escrita, e de layout dos artigos e mantê-lo

  33. não se limitar a copiar/colar artigos de outros blogs ou sites, sem dar a opinião sobre eles (aprendido por experiência própria...)

  34. ao usar artigos alheios, sempre referir a fonte de onde se retirou o artigo

  35. se o artigo foi inspirado num outro, ainda que seja original, referir aquele que o inspirou (opcional)

  36. não escrever comentários, noutros blogs, insultando outras pessoas, ou o autor do blog, ou que, de algum modo, sejam "negativos" (poderia chamar a isso "má publicidade")

  37. não escrever artigos à pressa

  38. não escrever artigos a dizer apenas coisas do tipo "hoje comi bacalhau ao almoço"...

  39. nem "hoje comi bacalhau ao jantar"... (sobretudo se não comeu)

  40. seguir as "regras de etiqueta da internet" também nos blogs (escrever em maiúsculas equivale a gritar, etc., isto é importante, sobretudo nos comentários)

  41. participar, ocasionalmene em blogs de outros bloggers (requesito essencial: o dono do outro blog, deve convidá-lo, primeiro...)

  42. seguir os conselhos dos bloggers mais experientes

  43. não ter medo de referir os bloggers ou outras pessoas que temos como referências

  44. na medida dos conhecimentos de cada um, ajudar aqueles que precisem da nossa ajuda (há sempre alguém a começar...)

  45. contribuir para a divulgação de novos blogs, e para o melhoramento da blogosfera em geral

  46. por último, ignore todos aqueles conselhos que leu aqui, e com os quais não concorde, e... seja você mesmo!


 


Ufa!


Ok, o número de dicas está em 46, e não me ocorre mais nenhuma por agora. Mas sei que vão ocorrer após eu clicar no botão "publicar".


Nem consegui escrever esta linha toda sem ter de parar, para ir escrever outra dica de que me lembrei...


Bem, posso sempre editar o texto, depois.


 


 

Publicado no Blog Frases Para Rir - Por Sergio Alex às 23:54
link do post | comentar | ver comentários (9)
partilhar
Domingo, 5 de Agosto de 2007

Os pecados capitais dos Blogs

 


pecados Luxúria
O luxurioso deseja contato ardentemente - e está disposto a qualquer coisa para conseguí-lo. Ele quer quantidade, e não se importa com a qualidade dos contatos. Então dispara spam em todas as direções possíveis, em uma orgia de auto-promoção desavergonhada.


O que ele não compreende é que essa busca desenfreada de parceiros é um tiro que sai pela culatra. As pessoas desprezam a imposição que seus avanços representam, e ele termina sozinho, visto como um indesejável.


 


Soberba
A soberba é o pecado de quem pensa que é melhor do que o resto de nós, reles mortais. Ele não precisa de ninguém. Ele não revela suas fontes, não reconhece quem o inspirou, não menciona o amigo que lhe deu a dica, não agradece elogios nem responde comentários.


Ele se apresenta como gênio autosuficiente, brilhante e cheio de grandes idéias; acha que quem o ajuda, admira ou elogia não faz mais do que sua obrigação. Se auto-convence de que as boas histórias saíram todas de sua própria cabeça-dura; e prefere amputar-se o polegar antes que reconhecer públicamente que foi inspirado pelo post de seu vizinho.


 


Avareza
Este pecado muitas vezes anda de mãos dadas com a soberba. O ávaro quer ter toda a Internet só para ele, e guarda para si os links que deveria distribuir em seu blog. Não importa se são links de reconhecimento, retribuição, informação relevante para seus leitores; ele não compartilha nem sequer links que poderiam apoiar seu ponto de vista ou afiançar sua credibilidade.


Cego pela avareza, ele acredita que ao não oferecer links, ficará com todo o público. No fundo, o que tem é medo de que os leitores desapareçam pelo ralo dos links, ao encontrarem um blog melhor que o seu.


 


Ira
O pecado da ira pode se expressar de várias formas. Há a ira feroz dos que não admitem que alguém esteja em desacordo com suas idéias; estes escrevem posts cheios de críticas cáusticas aos dissidentes.


Há a ira santa dos que querem iluminar as pessoas que consideram como imbecis e sociopatas; estes acham que ao deixar ofensas e agressões pessoais nos comentários de blogs alheios, farão com que os ditos imbecis vejam a luz e encontrem o caminho da verdade.


Existem muitos outros tipos, mas não vou me extender mais, pois sei que você já entendeu a idéia. A ira é facilmente identificável: o blogueiro irado destila veneno e indignação, é mal-educado e cheio de palavras grosseiras. Sua raiva é tão grande que quase é possível ouvir seus gritos histéricos.


 


Gula
O guloso tem fome de visitas, e sede de clicks em seus anúncios. Ele devora seus próprios feeds, oferecendo apenas sobras aos leitores, na esperança de atraí-los em busca de mais um pedacinho.


Ele acaba dando a péssima impressão de ser um egoísta e um chato, e os leitores o abandonam, deixando-o com a cara lambuzada e ainda faminto.


 


Inveja
A inveja é talvez o pecado mais grave, pois pode se transformar em crime. O blogueiro que sente inveja deseja ser como o objeto de seu afeto; ele quer emular a criatividade e o talento de outro, mas se sente (e muitas vezes é) incapaz de atingir seu obejtivo.


Muitas vezes, então, ele cai na armadilha do plágio. É tão fácil mentir, arvorar-se em autor do trabalho alheio, e colher louros sem esforço algúm. Em seu desespero por ser o que não é, não compreende que o que se obtém através do plágio é uma vitória vazia, uma ilusão estúpida. E que essa satisfação mentirosa pode custar caro, muito caro.


 


Vaidade
O vaidoso só se preocupa com a aparência. Ele passa seus dias modificando o visual do blog, e esquece do conteúdo. Enche sua página de florzinhas, cores, fotos e fontes engraçadinhas; jamais está satisfeito com o layout, e nunca chega a um resultado final.


Ele também tem dificuldade para ver que carrega demais o blog visualmente, o que torna a navegação confusa e a leitura cansativa. O resultado dessa vaidade desmedida é que o conteúdo sofre, pois sempre termina ficando em último lugar.


 


Preguiça
O lema do preguiçoso é: Não faça hoje o que puder deixar para fazer amanhã - ou depois de amanhã, ou no ano que vem. Ele tem preguiça de escrever, preguiça de postar, preguiça de comentar, de procurar informação, de checar fatos, de conceber nova idéias, de.... blogar.


A preguiça geralmente vem acompanhada de sua melhor amiga, a procrastinação. Juntas, elas conseguem fazer com que o intervalo entre os posts seja enorme, provocando um estado comatoso no blog, e matando-o aos poucos.


 


 


Fonte: Net Dinheiro


 



Publicado no Blog Frases Para Rir - Por Sergio Alex às 20:18
link do post | comentar
partilhar

Últimos posts

Como Fazer a Sua Foto Apa...

Imagens Grátis para Blogs

Como Criar Hiperligações ...

Como Fazer o Blog Aparece...

Aumentar o Tráfego do Blo...

Como Colocar Downloads de...

Como adicionar um relógio...

Criando banners e favicon...

Dicas para Fazer um Blog

Os pecados capitais dos B...

Comentários

Busco o meu pai quem deve ter 70 o mais anos. Luis...
Estou procurando um amigo meu, o nome dele é Duart...
Procuro minha irma Maria de Jesus Rodrigues(nome d...
Boa noite, , mas estou a procura de alguns familia...
Boa tarde, estou á procura de uma pessoa mais prop...
Procuro por Jaison Luiz Sobienski ele é meu filho ...
procuro Bruno Miguel Mindelo Jorge Pavão, tem cerc...
Estou a procura do Senhor Abilio Miguel que saio d...
Estou a procura do Senhor Abilio Miguel que saio d...
Boa noite procuro o senhor jose tiago duarte da si...
links

Privacidade

Clicky Analytics

arquivos

Julho 2017

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Agosto 2011

Abril 2011

Fevereiro 2011

Dezembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

tags

todas as tags

mais comentados

subscrever feeds

pesquisar